Blog

Fique por dentro de conteúdos relevantes sobre a nossa área e acompanhe todas as novidades da Odonto Partners!

Rinomodelação na Odontologia: o que o profissional precisa saber a respeito?

Responsável técnico da Odonto Partners, professor internacional e pesquisador, o dr. Flávio Luposeli – que é também vice-presidente da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica (SBTI) – respondeu a algumas das principais dúvidas sobre rinomodelação levantadas entre aqueles profissionais que estão iniciando o seu contato com a área. Confira:

•  O que caracteriza a necessidade de uma rinoplastia, e não da rinomodelação?

A rinomodelação é para correções muito pequenas, detalhes apenas. Quando há presença de nariz adunco, a primeira eleição deverá ser sempre a rinoplastia cirúrgica.

• Quais as quantidades mínimas e/ou máximas de ácido hialurônico com as quais se pode trabalhar na rinomodelação?

Não existem medidas que garantam 100% da segurança desse tipo de procedimento.

• Como funciona o processo de vascularização na rinomodelação?

A vascularização do nariz requer atenção especial. Como a vascularização de cartilagens é naturalmente delicada e a região é muito magra, qualquer compressão dos vasos – tanto do dorso do nariz quanto da lateral, bem como aqueles que saem diretamente dos vasos dos lábios superiores – pode comprometer a região, levando o tecido à hipoxia.

 • O que, por exemplo, desencadeia a necrose nesse tipo de procedimento?

Duas situações:

1. Embolização dos vasos com produtos de preenchimento, o que ocorre quando se injeta acidentalmente produto dentro do vaso sanguíneo;

2. Compressão vascular, que ocorre quando a deposição de um produto comprime os vasos da região, diminuindo a irrigação sanguínea, levando a um quadro de hipoxia local, que é quando as células recebem O2 transportado pelo sangue em quantidades aquém do necessário!

Geralmente,  a opção 1 causa menos danos devido às alterações imediatas que ocorrem no tecido, chamando a atenção do profissional.

Na segunda opção, as consequências geralmente só são percebidas quando os problemas já se instalaram.

• Quais as vantagens de realizar esse procedimento com o profissional habilitado da área da Odontologia?

As vantagens são as mesmas de se fazer com outros profissionais devidamente capacitados, tanto para realizar o procedimento quanto para controlar e tratar complicações. É necessário que o profissional conheça anatomia e domine as técnicas com maestria.

Se você também atua na área da Odontologia e tem outras dúvidas a respeito desse procedimento, registre um comentário no campo abaixo com a sua dúvida e/ou sugestão de tema. A Odonto Partners conta com uma equipe de especialistas altamente qualificada, e a sua questão poderá nos auxiliar a promover cada vez mais conhecimento neste espaço. 😉

Comments

comments