Blog

Fique por dentro de conteúdos relevantes sobre a nossa área e acompanhe todas as novidades da Odonto Partners!

A IMPORTÂNCIA DOS LÁBIOS NA HARMONIZAÇÃO DO SORRISO – pelo dr. Flávio Luposeli

Durante décadas, a Odontologia tratou a estética do sorriso como sendo composta por dentes e gengivas. Assim, tratamentos estéticos dentários como clareamentos, ortodontias estéticas, resinas e laminados cerâmicos se desenvolveram rapidamente. Na mesma toada, veio a Estética Rosa. Com ela, a Periodontia saiu do submundo legado às raspagens (que, invariavelmente, resultavam em futura exodontia, somente protelando o tempo em que isso ocorreria) para o estrelato absoluto com as suas técnicas incríveis de manipulação tecidual.

Os lábios, até então, não eram percebidos como um integrante ilustre desse nobre triunvirato (dentes, gengiva e lábios) dentro da Odontologia tradicional – fato curiosamente estranho, uma vez que não é possível sorrir sem eles. Mas o tempo passou e a Odontologia mudou, ampliando e refinando a sua percepção. Com isso, os lábios saíram de um local obscuro e pouco valorizado e passaram a ocupar um espaço de nova estrela entre os profissionais que trabalham com a estética de sorriso.

Na verdade, os lábios são tão importantes que grande parte dos parâmetros para a construção de uma bela reabilitação oral reside neles e no seu comportamento estático e dinâmico na harmonia com a face. Parâmetros esses com os quais trabalhamos para construir uma sinergia entre o zênite gengival superior e os lábios superiores, bem como para alcançar uma harmonia entre a curva de sorriso em relação ao contorno interno e externo do lábio inferior durante o sorriso.

Medidas como a exposição dentária superior em relação aos lábios durante a fase de relaxamento e a obtenção do espaço funcional livre são igualmente indispensáveis não só na construção de reabilitações orais, como também para os planejamentos de grandes cirurgias de face.

Atualmente, o comportamento dos músculos posicionaríeis dos lábios, tal como a relação desses com as estruturas do terço médio e superior da face, devem ser igualmente observados para alcançarmos os melhores resultados dentro da Harmonização Orofacial.

Os lábios são a “moldura do quadro” para um sorriso, criando harmonia e temperando a beleza de um rosto de forma fundamental.

Comments

comments