Blog

Fique por dentro de conteúdos relevantes sobre a nossa área e acompanhe todas as novidades da Odonto Partners!

Dentistas podem fazer harmonização facial nos consultórios?

No dia 20 de setembro, sexta-feira, o jornal Bom Dia Brasil, veiculado durante as manhãs de segunda a sexta pela Rede Globo, exibiu uma reportagem que está disponível na Globo Play sob o título “Médicos alertam para os riscos de fazer harmonização facial”. Nela, as duas pacientes entrevistadas, conforme as palavras utilizadas pela repórter durante a matéria, “saíram traumatizadas das clínicas odontológicas que procuraram” para realizar os procedimentos – no caso, destaca-se o preenchimento com ácido hialurônico.

Na sequência à primeira parte dos depoimentos, a jornalista se refere aos cuidados e aos riscos para os quais as sociedades brasileiras de dermatologia e de cirurgia plástica fazem um alerta.

A matéria se encerra com a fala do âncora do jornal, Chico Pinheiro, para quem “Melhor será até não fazer esse tipo de coisa“. “Mas, para quem quiser fazer”, prossegue ele, “o Conselho Federal de Odontologia [CFO] reitera que o cirurgião-dentista tem autonomia pra fazer a tal harmonização facial. Os dentistas possuem especialização e capacidade técnica para resolver qualquer problema que surja durante o procedimento”.

Também nessa mesma sexta-feira, o CFO publicou a notícia “Harmonização Orofacial: CFO reitera esclarecimento acerca da capacidade legal do Cirurgião-Dentista em reportagem do Bom dia Brasil”, na qual registra: “A matéria explicitamente tendenciosa e unilateral às associações médicas evidencia a tentativa de tornar o serviço exclusivo aos médicos da cirurgia plástica e dermatologia, como forma de reserva de mercado”. O conteúdo pode ser conferido na íntegra no próprio site do Conselho

Os desdobramentos da primeira reportagem se estenderam, como não poderia deixar de ser. E, nesta terça, dia 24 de setembro, uma segunda reportagem foi ao ar, agora viabilizando ao CFO um direito de resposta, no qual os esclarecimentos necessários puderam ser veiculados aos telespectadores desse jornal matinal, assim como aos internautas que acessarem a matéria também disponível no Globo Play, agora sob o título “Escolha de profissional deve ser cuidadosa antes de fazer harmonização facial”.

Na legenda da notícia, consta: “Atividade está autorizada e é importante que pacientes se informem sobre o histórico dos profissionais, dentistas ou não, antes de realizar qualquer procedimento” – uma declaração que manifesta um posicionamento diferente daquele até então posto em circulação na semana anterior.

Ao longo das informações apresentadas, o novo repórter explica que “As técnicas da harmonização facial não estão a serviço apenas da vaidade, da beleza: elas são cada vez mais usadas na saúde, como, por exemplo, no tratamento da paralisia facial e até de dor aqui na região da mandíbula […]”.

Entrevistado, o presidente do CFO, Juliano do Vale, declarou: “O cirurgião-dentista, dentro da sua área de atuação, está permitido a fazer todos os procedimentos previstos em lei, sejam eles invasivos ou não, cirúrgicos ou não. O profissional possui autorização legal e capacidade técnica e tem feito tratamentos satisfatórios e com resultados muito promissores”.

No site do CFO, o espaço concedido pelo Bom Dia Brasil para esse esclarecimento feito à população pode ser conferido no texto encontrado aqui.

Comments

comments