Blog

Fique por dentro de conteúdos relevantes sobre a nossa área e acompanhe todas as novidades da Odonto Partners!

Restaurações Estéticas em Resina Composta

Todo dentista sabe que a demanda de pacientes com indicação para fazer restaurações com RESINA COMPOSTA é alta e que “todo dentista” sai apto da faculdade para fazer. Porém, será que todos os dentistas estão acompanhando a evolução destes materiais restauradores?! Será que os dentistas sabem do impacto que estes procedimentos podem causar?!

Pensando neste “universo” chamado “Restaurações em Resina Composta”, entrevistamos o Mestre Jansen Ozaki com as dúvidas mais frequentes sobre este assunto que tão importante na Odontologia!

Confira a entrevista e entenda a importância de DOMINAR este assunto:

  1. POLÊMICA – Resina Composta: todo DENTISTA faz?!

Sim, todo dentista tem capacidade de fazer. Porém, nem todos tomam o devido cuidado com a biologia, a forma, a função e a estética. Logo, o resultado pode ser catastrófico a curto ou a longo prazo.

  1. Estética: como o profissional pode valorizar seu trabalho em Resina Composta?

As grandes vantagens das restaurações estéticas diretas em Resina Composta, além do aspecto minimamente invasivo, são a rapidez e a plasticidade de resultados! Não existe na odontologia material estético e de qualidade que apresente resultados imediatos em uma única sessão e isso deve ser explorado pelo clínico.

  1. Resinas Compostas: por que é preciso dominá-las?

A Resina Composta deve ser inserida de maneira progressiva até que a forma final do dente seja reestabelecida, e para isso, o operador deve inserir camadas milimétricas.  Qualquer erro vai influenciar no resultado final. A falta de manejo com a Resina Composta geralmente resulta em restaurações com excesso de material que o clínico corrige de maneira regressiva com desgastes para obter a forma, e isso fatalmente compromete o resultado.

  1. Resina Composta x Sensibilidade pós-restauração: por que acontece em alguns casos?

Salvo condições irreversíveis do complexo dentino-pulpar, a sensibilidade pós-operatória pode estar diretamente relacionada à qualidade da hibridização em dentina e também à técnica de inserção da resina composta.

  1. Fratura em dente anterior: como chegar ao resultado mais próximo do NATURAL?

Todo planejamento de restauração direta do segmento anterior exige do dentista conhecimento pleno da forma e seleção de cor, pois a Resina Composta deverá  vir em camadas nesse espaço a ser reconstruído.

  1. Diferentes Resinas no Mercado: por que é preciso conhecê-las?

Porque cada marca comercial possui vantagens e desvantagens. O importante é saber explorar o melhor de cada sistema.

  1. É possível otimizar o tempo em restaurações em resina composta?

Sim, dependendo das características da cavidade, hoje é possível inserir um único incremento de resina composta de 4mm-5mm com segurança. Tecnicamente está mais simples e menos suscetível a erros, sem contabilizar o enorme ganho de tempo.

 

Quer SABER mais?

Ms. Jansen Ozaki ministrará um curso em São Paulo sobre este assunto!

Nome do curso:  “Restaurações Estéticas em Resinas Compostas” 

Horário: 8h às 18h

Local: Odonto Partners (Avenida Nova Independência – 1119. Brooklin Paulista – SP)

Informações: (11) 98952-1884

Link para inscrição: http://www.odontopartners.com.br/landings/restauracoes-esteticas-em-resina-composta/  

 

Comments

comments